domingo, 13 de março de 2011

Unidade 1. Tecnologias no Codiano: Desafios da Inclusão Digital

É possível, literalmente, ficar viciado em um jogo de computador? Segundo os autores do deste vídeo, é possível sim;

5 comentários:

Damião disse...

Em matéria exibida em 13/12/2010, pelo repórter Roberto Cabrini da Rede Globo de Televisão uma mãe se dizia sem saber o que fazer com relação a seu filho, um adolescente de 14 anos, que só vivia trancado em seu quarto acessando a internet ou jogando em seu computador.
Segundo ela, o rapaz não tinha mais vida social e mal conversava com seus pais. Relatos iguais e esses não são difíceis de se ler, ouvir e assistir pela televisão.
São fruto do uso incorreto desta ferramenta chamada computador e comprovam sim, que os mesmos podem viciar não os jovens, mais também nós mesmos.

Franceli Viana da Silva disse...

Olá colegas e Professor Rangel.

A tecnologia é uma “faca de dois gumes”, através dos vídeos assistidos no blog do Professor Rangel, a gente acaba tendo um choque de como a tecnologia sendo utilizada de maneira inadequada pode até mesmo acabar com uma vida e de uma família, fato bem exposto no vídeo: Viciado em World of Warcroft , quando mencionado que um garoto de 13 ano chines se matou após jogar esse game 36h consecutivas. O vídeo relata a história de um garoto viciado, a mãe não sabe mais o que fazer para salvar o filho desse mundo de fantasia, ela relata que até a personalidade do menino mudou depois começou a jogar o game.
Com isso podemos concluir que temos grande responsabilidade, em tornar essa tecnologia uma ferramenta um produtiva, que seja utilizada de forma correta pelo nossos alunos.

Lucivalma Simões Paesaes disse...

Como podemos ver existem muitas pessoas viciadas nessa tecnologia chamada computador e que isso acaba desestruturando famílias com as mudanças de comportamentos e personalidades que isso causa.Com isso a pessoa deixa de ter sua vida social e acaba se isolando do mundo e o que acontece é que uma ferramenta com tantas funções boas acaba tendo um uso inadequado

Angélica Regina Miranda do Carmo. disse...

O Video aqui apresentado com otema ovicio crescendo na tecnologia,me fezbater na mesma tecla sobre a ausencia dos pais, porque ali a criança o adolescente ele usa como fuga a midia para expressar seus sentimentos, sua vontade de vencer, de ser um heroi, passando por todos e ate mesmo se autodestruindo, sem perceber que é apenas fantasias que ele esta vivendo.

Marcely disse...

A internet foi criada p/ ajudar e facilitar o nosso dia-a-dia, mas precisa ser utilizada corretamente, sem excessos. Ela tem que ser um beneficio e não um malificio, até mesmo mudando a personalidade de um individuo. Fico chocada em ver o sofrimento de uma mãe que trouxe o computador p/ dentro da sua casa sem saber que se transformaria no seu proprio inimigo.

Seguidores

Arquivo do blog