quinta-feira, 20 de maio de 2010

Novas descobertas: "A poesia de Carlos drummond é muito interessante."



    Mãos dadas
Não serei o poeta de um mundo caduco.
Também não cantarei o mundo futuro.
Estou preso à vida e olho meus companheiros.
Estão taciturnos mas nutrem grandes esperanças.
Entre eles, considero a enorme realidade.
O presente é tão grande, não nos afastemos.
Não nos afastemos muito, vamos de mãos dadas.

Não serei o cantor de uma mulher, de uma história,
não direi os suspiros ao anoitecer, a paisagem vista da janela,
não distribuirei entorpecentes ou cartas de suicida,
não fugirei para as ilhas nem serei raptado por serafins.

O tempo é a minha matéria, o tempo presente, os homens presentes,
a vida presente.
A Professora Cecilia é Cursita da Turma 4 - Unidade IV - Currículo, Projetos e Tecnologia do Curso Proinfo Integrado II - ensinando e aprendendo com as TIC.

Um comentário:

cissa penha disse...

É muito interessente quando Drummont diz;"Não serei poeta de um mundo caduco, na educacsção também não poderemos caducar, sempre temos de está nos atualizandos, indo em buca do novo´eu sei que tudo que é novo causa polemica, mas como educadores temos que sempre procuramos novos conhecimentos par instituir em nossa prática pedagogica.

Seguidores

Arquivo do blog